Sexta, 25 de julho de 2014
Política
16.01.2008
Cubanos se preparam para eleger representantes do Novo Parlamento Popular
Adital

No próximo domingo (20), os cubanos irão às urnas escolher os 614 deputados e delegados da Assembléia Provincial do Poder Popular e os mais de 1.200 nomeados para os órgãos provinciais de governo. Quase 200 mil cubanos trabalharão para que as eleições ocorram eficientemente. As eleições em Cuba se dão de modo secreto e direto. A estimativa é que mais de 8 milhões de pessoas vão às urnas.

Cerca de 39 mil colégios eleitorais estarão funcionando em todo o país e, embora a Lei Eleitoral determine que o voto deve ser exercido no domicílio do eleitor, as pessoas que ficariam impossibilitadas de votar por estarem em outro local – em razão de prestação de serviço, docência, doença – poderão votar em outros 600 novos locais, que foram disponibilizados.

A presidente da Comissão Eleitoral Nacional (CEN), María Esther Reus, disse que essa possibilidade se deu porque “não se trata de eleger o delegado da circunscrição, assim os cidadãos poderão votar em um local diferente de seus domicílios”. Também no sentido de possibilitar a todos os cubanos que exerçam seu direito ao voto, serão impressas cédulas eleitorais extras para que sejam abertos colégios em hospitais, terminais de ônibus e de trens.

Maria Reus acrescentou que, nas simulações para averiguar a estrutura da votação, foram aprovados os comportamentos do transporte e das comunicações. Além da preparação para o pessoal de apoio e das coordenações com a Organização de Pioneiros José Martí, que custodiarão as urnas nos colégios eleitorais.

Com informações do Granma.

Link permanente:
Ao publicar em meio impresso, favor citar a fonte e enviar cópia para:
Caixa Postal 131 - CEP 60.001-970 - Fortaleza - Ceará - Brasil
Início
Adital na Rede
Notícias mais lidas (nos últimos 7 dias)
  1 2 3 4 5